quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

APRENDIZAGEM


Ferreira Gullar

Do mesmo modo que te abriste à alegria

abre-te agora ao sofrimento

que é fruto dela

e seu avesso ardente.

Do mesmo modo

que da alegria foste

ao fundo

e te perdeste nela

e te achaste nessa perda

deixa que a dor se exerça agora

sem mentiras

nem desculpas

e em tua carne vaporize

toda ilusão

que a vida só consome

o que a alimenta.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Ao olhar lembrei-me...



Si rotcha é pâgina! pedra ê sílaba
si corpé é caneta! coraçon ê tinta

Corsino Fortes, Árvore e Tambor



TITEUF



LAGOA




fotos Maria Joyce

Ontem por cá...

(...) hay barcos que buscan ser mirados para poder
hundirse tranquilos.
Si el aire sopla blandamente
mi corazón tiene la forma de una niña.
Frederico Garcia Lorca











Fotos Maria Joyce

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

"...a tua ausência é, em cada momento, a tua ausência.
não esqueço que os teus lábios existem longe de mim.
aqui há casas vazias. há cidades desertas. há lugares.


mas eu lembro que o tempo é outra coisa, e tenho
tanta pena de perder um instante dos teus cabelos.


aqui não há palavras. há a tua ausência. há o medo sem os
teus lábios, sem os teus cabelos.fecho os olhos para te ver
e para não chorar..."

José Luis Peixoto

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

domingo, 8 de fevereiro de 2009

A lua ontem...





Lua de prata de leite




Lua de prata de leite
Que tens um ar de amarela,
Quem foi que te pôs de enfeite
Ao céu, se não és estrela?



Fernando Pessoa

Final de tarde... hoje por cá...















sábado, 7 de fevereiro de 2009